COMPLIANCE TRABALHISTA

O compliance trabalhista consiste na implementação de um programa de integridade, que tem foco em mitigar riscos e prejuízos às empresas, evitando que a mesma venha a ser responsabilizada por condutas ilegais, sofrendo com demandas trabalhistas na esfera judicial .


O compliance vem como uma forma alternativa para minimizar as consequências de um cenário de insegurança das questões laborais, um cenário que traz passivo trabalhista, incertezas, e insatisfação no âmbito laboral .







Ele se fundamenta nas leis, acordos coletivos , e convenções, a fim de que sejam todos os requisitos observados evitando sua responsabilização administrativa e judicial.


Com a implementação de um programa de planejamento contribui-se para a imagem da empresa, a fim de preservar os valores da empresa, lhe dando credibilidade frente ao mercado.


Por meio do projeto de compliance se faz uma adequação da empresa perante as normas previstas na CLT, visando que a empresa venha a diminuir os riscos de demandas trabalhistas, de forma que melhore seus rendimentos financeiros.


O compliance trabalhista ocorre com todo um projeto, identificando quais os pontos devem ser melhorados, apresentando soluções para os mesmos, quais as ações devem ser seguidas a fim de que se alcance o objetivo da empresa.


Aborda desde a contratação do trabalhador, ou seja, inicia-se na seleção e contratação, discorrendo sobre as normas de prevenção de acidentes, a fim de avaliar quais as melhores estratégias a empresa pode adotar para que ocorra a prevenção de qualquer irregularidade com seus colaborradores.


Ou seja o compliance é um plano para a empresa onde estando o empregador e colaborador satisfeito, por consequência ocorrem maiores rendimentos uma vez que a empresa não irá arcar com gastos decorrentes de ações judiciais, alavancando assim seus negócios.


Publicado por


Natalia L. Werner


Advogada Associada na empresa Dartagnan & Stein Advogados Associados.(www.dartagnanestein.com.br)


8 visualizações0 comentário
001.png